sábado, 14 de janeiro de 2017

O Despertar da Magia







Os portais da magia vibravam entre as sombras lunares e as trevas do conhecimento humano. E repetiam uma mesura diante do fogo inconteste do amor para que as lembranças fossem puras e sólidas no caminhar de todas as pessoas que iriam se reencontrar.


Não havia uma regra ou um disparate qualquer, os laços urgiam pela simples esperança humana do contato. De todas as coisas, as palavras eram escassas nos lábios bruxos ainda que oferecidas a uma glória pouco comum.


O mistério tencionava a lápide escura dos pensamentos que objetavam uma luz superior e nascitura de desígnios, pois a fera irreverente da racionalidade feria as primeiras porções da visão, mas tudo mudou quando o feminino, como força e causa, sentenciou o óbvio: somos nossos sonhos.


Os mundos se tocavam em aparente revelia e se coincidiam no coração robusto dos que têm os sentidos despertos.



Carlos França


http://www.carlosfranca.com/ 

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails