quarta-feira, 6 de maio de 2009

Ritual do existir

Se a vida me quer, que seja assim! Queira-me versos estendidos na ladeira, dissolver de sentidos na banheira, mata de flor de laranjeira, verde planta trepadeira que sobe cavando os muros, agarrando-se ao mundo essa minha alma parideira, que dos sentires é mãe e do sonhar, ancestral!

Acho refugio na tempestade que me abraça, amansa e no açoite do laço, enlaça... Encontro abrigo nas ondas bravias do mar imponente e no olho do furacão eu me guardo, recanto preciso!Não quero calmaria na entranha do meu existir... Isso me entedia! Quero arrancar da tristeza à alegria, extrair o suspiro da agonia, me inundar na tormenta da monotonia!

Buscarei no exílio das lágrimas vertidas o abraço apertado do vento quente, para que meu “tão querer” não me seja inutilmente! E se preciso for, faço despertar num susto a ternura, arrancando-lhe do silencio a brandura, cravando as unhas em seu corpo com emoção e do seu sossegar inerte extirpo a vibração!

Sou errante das quatro estações, lhes obrigo a doar-me seus preciosos sentidos-invertidos: O calafrio enigmático escondido do verão, do inverno o calor e sua mais explosiva cor, da primavera eu colho as cinzas para que eu ressurja mais colorida ainda e do outono quero flores em meu rumo me fazendo sair do prumo!

Sapeco despudoradas estrelas nos espaços entre os abraços para descobrir o êxtase indizível da flor da pele... Atiço o faro à caça de possuir a textura da alucinação e desvendar o bom gosto da desconhecida solidão!

Eis o meu ritual do existir! A vida querendo-me, queira-me assim... Não posso calar a voz do universo em mim, com ela jogo fora os medos, dispo o preconceito, amo sem reservas, não dispenso o logro e não retenho camuflada nenhuma mescla de sentimento, enfim!

E mesmo que meu corpo trave o falar... Que meus olhos se calem obstantes... Que minha mente permeie longe a vagar é na transparência dos meus versos que meu grito entrego e o meu coração sossego!

Também, se não quiser, eu quero!

Dica Cardoso


6 comentários:

Anônimo disse...

A vida te quer sim! Te quer tanto quanto nós seus fãs. Portanto, Viva!Esteja sempre viva aos nossos olhos, esteja sempre radiante como na foto desse poema. Ao mesmo tempo singela e altiva. E nos encha de vida com seus poemas, seus textos e sua arte. Vc nos inspiRa. Nos reenergiza!
Sua fã!
C.V.T.A.M.

***** disse...

Exista Monalisa do signo de ar!Exista!Nos torne suditos desse teu ritual sagrado de existir!E que ele se cumpra todos os dias!A vida te quer!Quem não quereria?

Marta(SP) disse...

Opa!Dando uma passadinha na palavra "paisagem" e encontrei vc!É uma paisagem ou uma miragem?Bem,de qualquer forma o seu blog é lindo e os seus textos maravilhosos!Criativos e envolventes!Parabéns!
Voltarei!Ah!Gostei das artes tmbm!Tudo lindo!
Achei a paisagem!rsss

Fê disse...

Ué!Quem disse que a vida não te quer?rsrsrs
Belo poema,regado de força e maestria de palavras!Transparência,eis a palavra chave!Com esse só não vêr quem não quer!
Lufada de garra e determinação que talvez estejam asiladas,intencionalmente ou não!Aqui despontam impudentes!
Parabens!

Bete disse...

Olá amiga, estou passando pra dizer que felicidade são pequenos momentos felizes, todos os dias, não existe uma felicidade a alcançarmos, pois ele está aqui em todos os momentos!
Viva cada minuto, seja feliz cada segundo que puder!
Mil beijos te adoro de montão!

Platão(Fã) disse...

Sinto-te como um infinito e interminável dicionário de emoções.A cada dia revelas um novo significado,uma nova distinção de palavras,uma nova vêia a pulsar viva em cada uma sílaba que à tempos julgava inerte e sem animo!Céus!!!"Alma parideira","mãe dos sentires","ancestral do sonhar!"Depertas num susto não só a ternura mas tambêm os nossos olhos que se apavoram diante de tanta inteligência,beleza e formosura!A vida não só te quer como implora por ti,ela não teria nenhuma graça sem o teu existir!E sem duvida és sim parte guardada de todos os fenômenos da natureza,sendo tu,entre todos,o maior e mais belo!
Mãos estendidas,corpo curvando-se,assim estaria se diante de tí!
FENOMENAL!

Related Posts with Thumbnails