segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Ser Médico

Ser médico é possuir o dom nato de aliviar as dores e alentar a alma, tratando e curando o corpo, trazendo nas mãos a responsabilidade de um sacerdócio, amando a profissão ao ponto de tornar-se parte indestacável dela. Homens e mulheres que muitas vezes abrem mão de si mesmos e num exercício de subserviência ao aperfeiçoamento da busca pela essência mais intrínseca do ‘Ser Humano’, do paciente e suas mais pungentes fragilidades, tornam-se fortes, extraindo este poder ao recusar as suas fraquezas em prol da sua escolha de servir ao próximo, das formas mais distintas, nas horas todas de cada dia.

Ser médico, Ser paciente, não há barreiras, nem despenhadeiros entre tão distintos mundos que não sejam superados, pois enquanto um corpo cai (O paciente) a procura da cura, outro corpo ergue-se (O médico), trazendo em suas mãos alternativas ao encontro tão almejado.

A medicina é a sinfonia Divina da cura que as almas dos médicos tocam. Maestros do alívio ao sofrimento, executando a canção que finda o tormento. Em mãos de homens, instrumentos a entoarem em meio à dor, a compreensão dos pequenos detalhes da consternação, demonstrando ao todo das dores e enfermos, que soluções não existiriam sem as pequenas partes: Anamnese da humildade! Em meio às tentativas de reabilitar um paciente, traça-lhe, a cada consulta, em cada receita, um mapa ao caminho para que finalmente retorne a re-habitar o seu corpo.

Na lida de um ‘Ser médico’, decisões de vida ou morte ocupam por vezes parte de sua rotina, sendo a vida a primícia a eles. Ainda assim, a morte os ensina, a cada lágrima, a viver a certeza de que na medicina não existe o FIM, ela é o iluminado MEIO de um COMEÇO iniciado na concepção e infinito em seu porvir. Ser médico é a possibilidade de tornar seres humanos melhores, em cada vida, ou em cada partida. Pois esse ‘Ser’ que é ‘Médico’, carrega em si o desejo crescente de ver cada fato e ato transformarem-se em recomeço. É alcançar o significado de que a vida é dotada de eternidade e de que seus atos e ações são replenos da esperança e força que para muitos estariam findadas, caso não encontrassem em seus turvos caminhos esse iluminado ser, O médico!

Super homens e mulheres? Não. “Ser Médico”, profissão: Anjos terrestres, cujas asas estão atadas a mente e coração, elevadas pela inteligência, impulsionadas pela criatividade, rumo aos céus da ciência e suas infinitas realizações que salvam vidas!

Dica Cardoso

PS : Dedico esse texto a todos os(as) médicos(as), profissionais da área de saúde e em especial ao meu Médico Cardiologista, Dr.Marcos Barros, que no exercício do ‘Ser Médico’ exerce a profissão de anjo terrestre. Entendo como poucas as palavras acima citadas para o desenvolver de tão vasto e primoroso tema, mas as admito serem recompensa preciosa de aprendizado nos momentos de dor, onde pude (ainda posso) contemplar a olhos nus, ao mesmo tempo em que sentir na pele, ou melhor dizendo, no coração, a grandiosidade interposta à humildade de um ‘Ser Médico’ tão Humano, ou de um ‘Ser Humano’ tão Médico, dedicado e operando com maestria o seu oficio, a saber, Dr.Marcos! Enigma quase que indecifrável, pois não sei exatamente onde um começa (Ser Humano) e o outro termina (Ser Médico). Creio eu, que assim como a Medicina, possuem INICIO, mas não FIM, sendo ambos um só, homogeneizados, são, melhor, ele é, o MEIO pelo qual tantas e tantas vezes foi-me manifesta a sabedoria e gentileza Divina, doando-me a possibilidade de hoje ser, existir melhor, seja na saúde ou na doença, na vida ou na partida...(?) Apresentado-me a cada pérfido instante de dor a esperança do recomeço. Sempre costumei dizer: Nas trevas, procure a luz! E foi num desses momentos que encontrei uma delas, num dos leitos do H.A.-BA. Não foram poucas as ‘boas’ que no decorrer dos últimos anos passei, ele (Dr.Marcos) e minha família que o digam. Porém, confesso que após esse leito, virou mania essa coisa de procurar a luz em meio as trevas e eu desobedeceria prontamente qualquer um que me ordenasse não ir de encontro a ela (risos). E em meio a escuridão, pude perceber o quão peculiar e abençoado é ser pertencedora de uma treva-estrelada a cada incessante ida e vinda hospitalar. Pois é... Por pior que seja a situação ou tipo de dor (os pouparei dos detalhes mais sombrios), a luz está lá em todas as suas configurações, tão real, que há momentos (não raros) em que a contemplo em sua forma Dr.Marcos, de jaleco branco, sentado numa cadeira a minha frente, até que a dor se dissipe, instrumento nas mãos de Deus a devolver-me a vida, a esperança. Com isso, percebo que parte da luz que aprendi a enxergar chama-se gratidão, compaixão e amor ao próximo em meio à escuridão, tudo isso em forma de gente, só que fluorescente! Como não dizer agora o quanto amo e respeito profundamente a essa profissão e seus adeptos?

Dr. Marcos, a você, meus sinceros e profundos agradecimentos e essa homenagem há tempos guardada no poço dos ‘desejos contidos’...

FIQUE BEM!

Uma cereja caramelada por pensamentos...

25 comentários:

Machado de Carlos disse...

Pela linda composição aos médicos,que são os Anjos da Vida Física e, para você que inteligentemente compôs esta dedicação aos Operários do Bem; segue um poema que lembra muito de alguém que sempre precisou de cuidados: (Espero que seja um poema válido para o assunto!)

MENSAGEM

Numa tarde de setembro,
Inda lembro bem o dia!...
Sem versos, sem harmonia;
Vi teu semblante feliz!
Meus tristes versos mudaram;
— Vi o quanto teu sorriso traz!...
— Teu beijo tem sabor de anis!...

Tua alma, hoje, padece
A dor da frágil matéria;
Diz o médico: — É sério,
Precisas de hospital!
É mister cuidar do corpo!
Tudo chegará ao seu tento
Envio mensagem ao vento:
— Mil vozes dum madrigal!...

... E o pesadelo passou;
Nem marcas, nem feridas...
Tudo é normal em tua vida;
— Podes seguir a missão!
Fico deveras contente...
Estou melhor com meus ais...
Os dias já são normais;
— Já tenho o teu coração!

Machado de Carlos

MOISÉS POETA disse...

profissão divina , a eles o meu total respeito... !

um beijo , dica !

Daniel Savio disse...

Com certeza os médicos tem uma profissão de grande responsabilidade e decisões...

Fique com Deus, menina Dica.
Um abraço.

Anônimo disse...

Uma canção desnorteou um passo. Vi quando a nota entrou, mudou de nome e saiu. Vi também que Ele, escondeu o que eu mais admirava: As fotos da carteira dele, uma carteira perdida pelo fogo. Uma tristeza tomou conta de mim por causa da saudade. Também ele não mandou notícias. Então precisei de médico. Ele me receitou sedativo. Ainda bem que o médico é um Anjo Bom!

Annabell

Mulher na Polícia disse...

Normalmente a gente só lembra dos médicos quando está doente, né?

Parabéns pelo texto e pelo carinho com esses anjos de branco.

Beijos, linda!

Pérola disse...

Fico imaginando o que seria de mim sem os anjos.
Muita paz encontro aqui.
Beijos grande moça bonita.

Sandra Botelho disse...

Amiga querida...
Bom tê-la de volta!
O que é isso? O que está te acontecendo?
Porque dores no musculo cardiaco?
O que tens?
Poxa fiquei assustada agora.
Querida, por mais que as dores pareçam imensas demais pra que as suportemos, sempre há um alivio. Pegue nas mãos do Criador. Ele dará a você a força e a coragem necessárias, eu tenho certeza, que ele já te carrega em seu colo.
Porque como diz lá em Romanos, Nada nos separa do amor de Deus.
Não sei o que está te acontecendo. Me pareceu triste no comentario.
Mas seja o que for, saiba que sempre pode contar comigo, com meu carinho e cuidado.
Sempre gostei de ti, sempre admirei teus escritos, tua beleza, teus comentarios sempre tão cheios de doçura.
Mas sumistes...Vim ao teu blog varias vezes pra ver se tinha posts novos , mas não tinha.
Achei que tinha se cansado do blog.
Até comentei com a Elaine sobre você, mas como não tenho nenhum contato teu, tive que ficar na duvida, na esperança de que um dia vc voltasse.
E graças a Deus você voltou e espero que agora pra ficar.
És linda sabia, parece uma fada.
Se quiser conversar, trocar idéias ,dividir dores, compartilhar é só me procurar...
Estou sempre no msn que é: sandraaconchego@live.com
ou no email sandrag959@gmail.com
Conte sempre com meu carinho e amizade.
Bjos ternos, estarei orando por ti.

marcinha disse...

querida vim te conhecer...
linda homenagem aos medico,e linda tbm é vc! um beijo!

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Oi minha Linda!
Saudades estava eu de você, minha querida.
Que bom que está de volta, não importa por quanto tempo.
Um beijinho enorme e obrigada por aparecer,
Renata

Pérola disse...

Amada,eu ñ sabia q estava doente e é claro que senti muito a sua falta.
Nos falávamos muito,eu também fiquei bastante ausente e ñ tem tanto tempo que voltei assim.
Vc está melhor?
Pode me dar notícias por favor?
Nunca diga que as pessoas ñ sentem sua falta,sentem sim, nem sempre os cabos eletrônicos dão uma noção exata do que sentimos,vim te visitar muitas vezes mas respeitei seu silêncio.
Que bom q voltou minha flor,volte quando quizer ok.
Fiquei feliz,pode ter certeza.
Beijos nesse rosto lindo!!!

Hana disse...

OI amiga, vim te ver, te ler, e te seguir, amei a postagem, que lembrança maravilhosa, é isso gratidãoa tudo, e a todos que fazem parte do Universo.
com carinho
Hana

marcinha disse...

passando pra te desejar bom dia! como estas hoje?

Sandra Botelho disse...

Oi fadinha...Vim deixar-te um chamego e u beijo.
Como estás?
Bjos no coração, pra que fique forte e saudável.Fique com Deus

Valquíria Oliveira Calado disse...

Olá, vim deixar um carinho de amiga, com abraços de paz, beijos no teu coração.♥

Olavo Bilac

Natal


Jesus nasceu. Na abóbada infinita
Soam cânticos vivos de alegria;
E toda a vida universal palpita
Dentro daquela pobre estrebaria...

Não houve sedas, nem cetins, nem rendas
No berço humilde em que nasceu Jesus...
Mas os pobres trouxeram oferendas
Para quem tinha de morrer na cruz.

Sobre a palha, risonho, e iluminado
Pelo luar dos olhos de Maria,
Vede o Menino-Deus, que está cercado
Dos animais da pobre estrebaria.

Não nasceu entre pompas reluzentes;
Na humildade e na paz deste lugar,
Assim que abriu os olhos inocentes
Foi para os pobres seu primeiro olhar.

No entanto, os reis da terra, pecadores,
Seguindo a estrela que ao presepe os guia,
Vem cobrir de perfumes e de flores
O chão daquela pobre estrebaria.

Sobem hinos de amor ao céu profundo;
Homens, Jesus nasceu! Natal! Natal!
Sobre esta palha está quem salva o mundo,
Quem ama os fracos, quem perdoa o mal,

Natal! Natal! Em toda a natureza
Há sorrisos e cantos, neste dia...
Salve Deus da humildade e da pobreza
Nascido numa pobre estrebaria.

FELIZ NATAL!

Pena disse...

Estimada e Simpática Amiga Divinal:
Tudo aqui deslumbra e maravilha com o seu enorme e gigantesco talento fabuloso e extraordinário.
"...A medicina é a sinfonia Divina da cura que as almas dos médicos tocam. Maestros do alívio ao sofrimento, executando a canção que finda o tormento. Em mãos de homens, instrumentos a entoarem em meio à dor, a compreensão dos pequenos detalhes da consternação, demonstrando ao todo das dores e enfermos, que soluções não existiriam sem as pequenas partes: Anamnese da humildade! Em meio às tentativas de reabilitar um paciente, traça-lhe, a cada consulta, em cada receita, um mapa ao caminho para que finalmente retorne a re-habitar o seu corpo..."

Sim, preciosa amiga, os médicos são algo de fantástico a quem recorremos em momentos de aflição que eles apaziguam de imediato. O seu valor é de ouro puro.
Perfeito.
MUITO OBRIGADO pela sua amabilidade de ternura e encanto expressas no meu blogue que adorei.
Possui um poder de escrita sublime e fantástico.
Fico-lhe grato.
Abraço amigo de respeito imenso.
Desejo-lhe um excelente Natal na companhia da sua linda família.
Sempre a estimá-la e a admirá-la

pena

Bem-Haja, amiga.
Arrebatam os seus Posts de maravilhar.
Adorei.
É linda.

Helena Castelli disse...

Bom dia, querida!... estou muito emocionada por tudo que li nesse texto... fico imaginando como deve ter sido terrível os momentos mais sombrios... mas agora acredito que seus dias estejam mais iluminados com essa luz que vc aprendeu a enxergar... fique bem!

Deixo-te a ternura deum abraço.

Pena disse...

Preciosa Amiga Linda:
Eu tinha deixado um comentário aqui. Lá foi ao ar, como muitos meus.
Desculpe.
Escreve divinalmente. Com majestade e excelência.
Sim! Os médicos são pertinentes. Imenso.
Adorei o seu Post. De maravilhar e enternecer pela originalidade fabulosa.
Abraço amigo de respeito imenso.
Feliz Natal para si e para os seus.
Sempre a admirá-la

pena

Bem-Haja, pela ternura expressa no meu blogue.
Gostei muito.
É linda.
MUITO OBRIGADO.
Vamos ver se este fica.

Amor feito Poesia disse...

" Guardo-te num terno entardecer
Que vejo da janela do meu coração.
Os ventos trazem teu perfume.
O silêncio ...
Uma saudade que não cala. "

( Bruno de Paula )

Feliz Domingo....Beijos meus! M@ria

Pérola disse...

Oi amada,como vc está?
Vc me preocupa, mas os benditos cabos eletronicos atrapalham um pouco.
Ñ fale comigo como se ñ fosse voltar,me entristece.
Eu ñ sei qual a gravidade da sua saúde mas eu oro que vc se recupere amiga e volte mais feliz.
Neste momento desejo a vc um feliz Natal e que Deus na sua infinita bondade realize seus sonhos e lhe de forças para prosseguir.
Um beijo grande princesa dos olhos que encantam.
beijos mil minha florzinha.

Pérola disse...

♫♫♫ Feliz Natal!!!

...............¨♥*✫♥,
.........,•✯´.........´*✫
.......♥*................ __/\__
.......*♥............… ..*-:¦:-*
...¸.•✫.............……/.•*•.\
...~`,`~.................. |
¸....✫................... *•*
´¸...*♥..´¸...........*♥♫♥*
´¸¸♥*................✯•♫•♥•*
´¸.•✫ .............. *♥•♫•♫♥*
~`,`~............. ✯♥•♦♫♥•♥*.
`.✫`.............. *♥☺♥•♥•☺♥*.
●/................✯♥•♥♠♫♥#♥•♥*..
/▌................*♥♫•♥♫•♥♫♥•♫♥*
/ \....................... ╬╬╬╬.

Bj♥s

Helena Castelli disse...

... aqui também bate o sineiro
um sino doce, pequenino
e da branca torre, no Natal,
todo ano como num encanto
desce do Deus menino
um soprinho.
(Fernando Campanella)

Desejo que já estejas usufruindo com seus familiares e amigos... das bençãos que nos trás o Natal.

Beijos de Feliz Natal!

Mimo Chic disse...

Dica,
Minha linda , fizemos uma postagem de final de ano, que cabe no seu coração que esteve conosco...
bjs grandes muito amor e paz!
Lulu & Sol

Pérola disse...

Vc está melhor amada?
Vim te deixar um beijo.
Como passou o Natal?
Beijokas mil.

Machado de Carlos disse...

Gostaria muito de dedicar este texto a uma médica. A Priscila. Quando fui para a sala de cirurgia ela chegou com um sorriso empolgante me animando para que fossem refeitos os ossos do meu rosto. Recebi uma injeção anestésica e desapareci do mundo. Parecia uma morte em vida. Quando abri os olhos, lá estava ela sorrindo para mim. Logo chegou o medicamento para aliviar a minha dor. Durante dois anos fui observado, mês a mês pelo sorriso de Priscila. Quando findou o tratamento, procurei por ela. Ela não estava lá. Havia seguido outro caminho, uma vez que terminara o curso de medicina. Nunca mais a vi, entretanto gostaria de ter lhe ofertado um poema de agradecimento. Enfim o meu rosto voltou à normalidade com dois pinos de platina que foram colocados por ela.

Wolber Campos disse...

Dica, minha amiga! Tudo bem?

Que lindo texto! Parabéns, como é importante este reconhecimento. Sempre digo que médico é uma pessoa que escolheu uma profissão que visa, antes de mais nada, ajudar o próximo. Isso já é maravilhoso por si só.

Fico muito feliz de você ter me colocado próximo ao texto, mesmo não sendo médico. Agradeço de coração! :)

Espero que as trevas tenham passado para sempre, que sempre brilhe dias mais e mais bonitos em sua vida!!

Um grande abraço!!

Related Posts with Thumbnails