quinta-feira, 28 de maio de 2009

Tristesse...


O que essa solidão me arremete agora?


Vazio, desprotegido e frio... Apavora!





Sinto uma solidão pavorosa...


Uma dor oculta, abafada, silenciosa...





Choro de criança, incandescência latente...


Aperta o peito exalando dos poros chuva veemente...





Tempestade lá fora,


Olhar fixo no vidro que chora...





Chuva dolorida de nuvem que o céu não pode ter...


Explosão de trevas a toda terra escurecer...





Sinto-me gota maldita pela face escorrida...


Fagulha desistida pela morte acolhida...





Pedaço que quer ficar...


Parte inteira que quer exalar...





A alma quer o mar


O corpo quer apagar


O espírito quer descansar


Guardado nesse lugar


Onde ninguém poderá pisar...





Nasce um novo sentimento...


Derrota, desistência, desapontamento?



Uma finda certeza de que se assim for


È porque muito mais não há de ser...


E a rosa que no jardim dos sonhos se plantou


Na densa e prolixa mata racional há de perecer!!!





Eu sinto... Muito!!!



Dica cardoso

8 comentários:

Anônimo disse...

Nada de tristeza poetisa!
SEMPRE haverá um luz no fim do túnel! E mesmo o mais longo dos túneis tem seu fim!
Sua fã! C.V.T.A.M.

Anônimo disse...

Lindinha maravilhosa,

E a rosa, FENECEU???

Recebeu Acróstico e Paisagem?

LINDOS, LINDOS, LINDOS... como você!

Te amo!!!
Janda.

don quixote disse...

As paisagens que existem de vc com certeza sao lindas e inspirantes parabéns pela sua sensibilidade

Donquixote disse...

quando eu pinto saio de mim e só me lembro de coisas boas..vc é uma delas especial

Ana disse...

Encontrei seu blog procurando um poema sobre tristesa para dedicar a alguem que deixou em mim marcas doloridas e de repente achei você e esse lindo poema tristesse!Era o que eu precisava,forte,doce e expressivo!Que lugar lindo esse.Sem duvida merece todos os elogios que te dedicam!Voltarei e tentarei ler os poemas um a um!Parabens!

Bete disse...

Tristeza, sentimento ruim, dói, machuca...o que fazer?
Correr, esconder, fugir ou deixar estar até passar?
É algo que fica preso, não sai, e faz meu coração chorar...

Beijos amiga

Se cuida

Platão disse...

Criaturinha...Demoro um pouco a retornar à teu lugar e quando volto te encontro assim,tão distante e triste!Já disse e repito,até a tristesa tu tens o dom de iluminar,mas deixa-me arrasado saber que algo ou alguem te magoou!Quem foi o bruxo malvado que teve coragem de ofuscar a alegria de um ser tão frágil,doce e precioso?Levante-se,olhe-se no espelho e verás a luz!
E volte a escrever!Dê cores e lugares à alegria,à saudade,à paixão,ao amor e até mesmo à tristesa e dor de uma forma que só tu sabes.Mas não pare,nunca!
Precisamos de você e de suas mágicas paisagens,Dona da natureza e deusa da cor!

Bete disse...

"O amor eterno é o amor impossível.
Os amores possíveis começam a morrer
no dia em que se concretizam."

Eça de Queiroz

Related Posts with Thumbnails