terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Caos criativo

Vivo a névoa do caos criativo de onde tento arrancar vestígios de

uma criatividade outrora livre e esvoaçante em minha memória...

Vivo minutos de silêncio que se irrompem em horas de letargia e

pálido existir... Eis a razão pela qual não farei desse texto um

poema, nem muito menos escreverei focada em sua estética, apenas

venho por meio deste redimir-me diante das tão amadas palavras que

tão sorrateiramente abandonei e diante dos olhares que por muitas

vezes ás buscavam por tantas razões distintas, aos quais sou

imensamente grata...

Esse texto é muito mais clamor e pedido de desculpas a todos que tão

amavelmente me liam e comentavam do que desejo e solidez de

retorno, talvez desabafo e entrega dos tão dolorosos momentos que

me fizeram calar, ou a esperança de que perde-se a batalha mas

pode-se ganhar (de certa forma) a guerra, afinal de contas, estou

escrevendo...

De qualquer forma busco a diferença na solidão do caos, que nada

mais é que viver no relativo a buscar alternativas e mergulhar no

fluxo da vida: Incerta, imperfeita, finita e sem controle e quem sabe

se, encontrando-me assim tão submersa nesse fluxo desprovido de

imaginação e alcançando a sua profundidade eu não recupere a

minha chama apolínea e dionisíaca e pare de me torturar com a

constatação desse caráter homogêneo e pasteurizado do mundo em

minha volta.

Agarro-me a crença de que as crises, por mais dolorosas que sejam,

trazem em si a semente do renascimento, ou seja, quem sabe eu não

consiga me mobilizar a partir desse ponto insustentável que cheguei

onde reside a estagnação? Estou mesmo a viver um paradoxo... O

caos me fazendo acreditar que juntando os meus pedaços o novo

poderá surgir? Deixe-me sorrir em iternautês: KKK! Pronto, sinto-

me revigorada... (?) Mentira! Sinto apenas que o efeito alucinógeno

e anestésico de externar esse amontoado de letrinhas está mais uma

vez a me ludibriar... Eis aí um vício do qual não desejo o libertar...

Veremos... O que tiver de ser será!

Dica Cardoso

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails